Divulgações do INCT-ECCE

 A 11° edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica já possui seus seis premiados. Em 2013, foram escolhidos três vencedores na categoria Bolsista de Iniciação Científica, dois na categoria Bolsista de Iniciação Tecnológica e uma instituição contemplada na categoria Mérito Institucional. A cerimônia de entrega será realizada na próxima Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em 2014, no Acre.

Após a avaliação das Comissões Julgadoras, foram agraciados:

CATEGORIA BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS, LETRAS E ARTES:

ANDRÉIA ROSIN CAPRINOda Universidade Federal do Paraná (UFPR)bolsista do PIBIC, tendo como orientador o professor Renan Friguetto, com o trabalho intitulado:Eusébio de Cesareia e a formatação do cristianismo como base ideológica para o poder imperial no século IV”.

CIÊNCIAS EXATAS, DA TERRA E ENGENHARIAS:

FLÁVIA PISANIda Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), bolsista PIBIC, tendo como orientador o professor Ricardo da Silva Torres, com o trabalho intitulado: “Paralelização de Algoritmo de Reclassificação de Resultados de Recuperação de Imagens Baseada em Conteúdo Utilizando Espaços Contextuais”.

CIÊNCIAS DA VIDA:

JHONY WILLAMS GUSMÃO DO NASCIMENTOda Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), bolsista PIBIC, tendo como orientadora a professora Luciana Aparecida Corá, com o trabalho intitulado: “Avaliação da Influência de alterações induzidas por procinéticos e antidiarréicos na motilidade e no trânsito gastrintestinal empregando a Biosusceptometria AC e Eletrogastrografia”.

CATEGORIA BOLSISTA DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA

CIÊNCIAS EXATAS, DA TERRA E ENGENHARIAS:

ALISSON RODRIGUES ALVESdo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiásbolsista PIBITI, tendo como orientador o professor Carlos Roberto da Silveira Júnior, com o trabalho intitulado:Telemetria no monitoramento e controle do ambiente de piscicultura”.

CIÊNCIAS DA VIDA:

VANESSA DUARTE DA COSTAestudante da Universidade Federal Fluminense (UFF) e bolsista PIBITI da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), tendo como orientadora a professora Elisabeth Lampe, com o trabalho intitulado: “Desenvolvimento de metodologias para detecção de polimorfismos de nucleotídeo único (SNP) no gene humano da interleucina 28B e ITPA associadas com resposta ao tratamento antiviral da hepatite C”.

CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS, LETRAS E ARTES:

A Comissão Julgadora não concedeu o Prêmio.

 CATEGORIA MÉRITO INSTITUCIONAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA (UFRB)OBS: A premiação é concedida à instituição do PIBIC com maior índice de egressos titulados na pós-graduação.

Julgamento– A análise e definição dos premiados ocorreu no dia 21 de novembro, na sede do CNPq, onde estiveram reunidas as três comissões julgadoras desta edição, designadas pela Portaria CNPq nº 400/2013. Em 2013, participaram 104 instituições, sendo 83 universidades e 21 institutos de pesquisa. Foram encaminhados 256 relatórios dos bolsistas, dos quais 175 foram validados, sendo: 63 da área de Ciências da Vida, 49 das Ciências Humanas e Sociais, Letras e Artes, e 63 de Ciências Exatas, da Terra e Engenharia.

Na avaliação dos trabalhos foram observados os critérios: a) mérito, relevância e qualidade do relatório final; b) originalidade e inovação; c) histórico escolar; e d) perfil, atuação e atribuições do bolsista do ponto de vista do orientador. Na rodada final do julgamento, foram observados os indicadores: região geográfica, unidade da federação, universidade, gênero e área do conhecimento.

As comissões julgadoras tiveram a seguinte composição:

CIÊNCIA DA VIDA: Luiz Bezerra de Carvalho Junior, Presidente da Comissão, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Lucile Maria Floeter Winter, Universidade de São Paulo (USP), José Francisco Montenegro Valls,Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, (EMBRAPA).

CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS, LETRASE ARTES: Durval Muniz de Albuquerque Júnior, Presidente da Comissão, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Celina Maria Moreira de Mello, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Deisy das Graças de Souza, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

CIÊNCIAS EXATAS, DA TERRA E ENGENHARIAS: Paulo Fernando Papaleo Fichtner, Presidente da Comissão, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Kéti Tenenblat, Universidade de Brasília (UnB)  Roberto Manuel Torresi, Universidade de São Paulo(USP).

A abertura da reunião foi realizada pela Dra. Liane Hentschke, Diretora de Cooperação Institucional (DCOI/CNPq), e contou com a participação de membros da equipe do Serviço de Prêmios, Rita de Cássia da Silva, Altino Lisboa, Francisco Mário e Fábio Simão da Rocha.

Prêmio - O Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica tem como objetivos contemplar bolsistas de Iniciação Científica e Tecnológica do CNPq, que se destacaram durante o ano sob os aspectos de relevância e qualidade do seu relatório final, e as instituições participantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), que contribuíram de forma relevante para o alcance dos objetivos do Programa.

O Prêmio é atribuído anualmente a bolsistas de Iniciação Científica e Tecnológica do CNPq e às instituições participantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). Para obter mais informações, acesse:http://www.destaqueict.cnpq.br/